ContactosLigações


Coordenação: João David Pinto Correia

O Polo/Antigo Centro de Tradições Populares Portuguesas Professor Manuel Viegas Guerreiro, designado pela sigla CTPP, ou mais recentemente por CLEPUL / CTPP, é uma Unidade de Investigação da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, associada ao CLEPUL, como Polo.

O Polo/Antigo Centro de Tradições Populares Portuguesas teve a sua origem na Linha de Ação n.º 4 do Centro de Estudos Geográficos (INIC - Instituto Nacional de Investigação Científica) dedicada ao estudo e recolha de Literatura Tradicional Popular Portuguesa. Foi uma iniciativa do Prof. Doutor Manuel Viegas Guerreiro, colaborador de José Leite de Vasconcellos, que, assim, quis promover o estudo da Literatura Popular Tradicional, das Tradições, da Etnografia e da Antropologia, domínios ausentes na estrutura científica da FLUL, embora bem representados nela por investigadores do seu passado, como Adolfo Coelho, Teófilo Braga e o próprio Leite de Vasconcellos, e depois institucionalizados nos curricula universitários nas reformas pós-25 de Abril (por exemplo, com a criação da disciplina de Literatura Oral e Tradicional).

Em 1993, devido ao seu acentuado desenvolvimento, esta Linha de Ação ou Investigação deu lugar ao Centro de Tradições Populares Portuguesas, também por iniciativa do Prof. Viegas Guerreiro e seu grupo de colaboradores. Através de um continuado trabalho de campo, ao longo de décadas, a Linha de Ação e o CTPP conseguiram reunir abundante coleção de textos de Literatura Tradicional Popular que têm sido devidamente classificados e arquivados em ficheiros, estando assim representado cada um dos diferentes géneros em coleções de exemplares inéditos de poesia lírica (quadras, quintilhas, décimas, romances, rimas-infantis), de orações, rezas e ensalmos, de provérbios, anedotas, contos, lendas e, mesmo, “cascos” de textos dramáticos. Além disso, faz ainda parte do espólio deste Centro um acervo significativo de música tradicional com cantigas registadas em fita magnética, em cassetes, em CD e DVD.

Não podemos deixar de referir, ainda, os dados particularmente valiosos recebidos do Serviço Cívico de Estudantes (1975), dirigido por Michel Giacometti e Fernando Lopes-Graça, com os quais o Centro (nessa altura, Linha de Ação) trabalhou em estreita colaboração, e ainda do trabalho de investigadores como Viegas Guerreiro, Maria Aliete Galhoz, Machado Guerreiro, M. Carlos Patrício e Francisco Melo Ferreira.

Foi possível, ainda, relançar a prestigiada Revista Lusitana, fundada por Leite de Vasconcellos. Desta Nova Série da revista (sucessivamente dirigida por L. F. Lindley Cintra, M. Viegas Guerreiro e J. D. Pinto Correia) saíram duas dezenas de volumes, alguns deles já digitalizados. Tendo-se interrompido a edição impressa, a RL-NS será publicada em edição digital.

Numa primeira fase, a digitalização do rico acervo do CTPP, devidamente transcrito e classificado, e disponível à comunidade através da Internet, como resultado do projeto TECNOTRAD, apoiado pelo financiamento programático da FCT, consolidou a presença e a importância do CTPP no panorama da atividade científica.

Durante alguns anos, o financiamento plurianual da FCT, através da Fundação da Universidade de Lisboa, assegurou a investigação em projetos com diferentes tarefas: Identidade Cultural, Literatura e Património Cultural, Literatura Popular Tradicional e Literatura Erudita, Sistematização e Classificação de Literatura Tradicional Portuguesa.

Com base na colaboração entre a Faculdade de Letras, sobretudo do Departamento de Literaturas Românicas, e o CTPP, através da lecionação do docente da Disciplina e Seminário de Literatura Oral e Tradicional, Prof. João David Pinto Correia, foi possível recolher e transcrever muitas composições de Literatura Oral Tradicional Portuguesa, como trabalhos práticos, durante o período de 1976 e 2007 (com algumas interrupções em anos de ausência do docente), composições que foram conservadas e se tornaram objeto principal para a proposta à candidatura à FCT, em 2008, proposta aprovada como ADLOT - Projeto PTDC / CLE – LLI /104023 / 2008 – Arquivo Digital de Literatura Oral Tradicional, e cujo prazo de execução termina em Setembro de 2013.

Foram Coordenadores Científicos e Diretores os Profs. Manuel Viegas Guerreiro, Lucinda Fonseca e João David Pinto Correia.

É também de salientar a importante biblioteca do CTPP, especializada nas áreas da Antropologia, Etnografia, Literatura Tradicional sobretudo dita Popular, quer Oral quer Escrita. Estudantes, professores e especialistas têm-na utilizado, oriundos de todas as universidades nacionais e de importantes instituições estrangeiras, tais como as universidades de Sevilha (Espanha), Poitiers e Paris-Nanterre (França), Baía, Paraíba e Natal (Brasil), Maputo (Moçambique) e Praga (República Checa). Alguns bolseiros estrangeiros (Brasil e Espanha) estagiaram no CTPP na preparação dos seus trabalhos académicos.

O Acordo de Associação entre o CLEPUL e o CTPP foi assinado em 7 de Março de 2012.

Governo de Portugal FCT QREN Universidade de Lisboa Faculdade de Letras

CLEPUL 2012 (c) Todos os direitos reservados.
Powered by: Switx